Que vençam os trabalhadores

Publicado em .

No próximo dia 12 de Março os trabalhadores da Autoeuropa vão eleger os seus representantes na Comissão de trabalhadores.
Dizemos Comissão de trabalhadores porque o artigo 54.º da Constituição da República Portuguesa, no seu ponto 1.º diz: “É direito dos trabalhadores criarem Comissões de trabalhadores para a defesa dos seus interesses e intervenção democrática na vida da empresa”.

A Constituição é clara e fala em trabalhadores e não em colaboradores.

Todos nós sabemos, até por experiências vividas com companheiros nossos, que quando acontecem situações de saúde ou outras, o chamado “colaborador” passa a descartável.
Por isso nós somos trabalhadores! E por isso queremos uma Comissão de trabalhadores e para os trabalhadores.

Para tal os trabalhadores necessitam de uma CT composta por homens e mulheres conscientes e capazes através do seu exemplo de dedicação, de firmeza, sem servilismos, defenderem os interesses dos trabalhadores e garantir o futuro, porque mais do que ninguém os trabalhadores querem uma empresa próspera e com futuro.

Uma Comissão de trabalhadores capaz de unir o grande colectivo da empresa, de homens, mulheres e jovens e responder aos problemas específicos que enfrentam no dia a dia.

Há que conferir a esta eleição a sua verdadeira importância.
Para os trabalhadores deve ser uma batalha a travar
Que podemos esperar dela?
Que vençam os trabalhadores!