Flexigurança, um perigo eminente para todos!

 
A chamada flexigurança representaria na prática a liberalização dos despedimentos tanto individuais como colectivos, através do alargamento do que é considerado como justa causa para o despedimento. Ou seja, uma “avaliação negativa” ao trabalhador conduziria ao seu despedimento.