Autoeuropa mentiu em Novembro/2005

- O Orçamento do Estado aprovado para 2006 permite aumentar os salários da função pública mais do que 1,5%;
- A Autoeuropa mentiu quando em Novembro/2005 apresentou a proposta que determinava nova redução do poder de compra em 2006


por Eugénio Rosa

A LUTA PELA REIVINDICAÇÃO

Os trabalhadores da Autoeuropa já foram alcunhados de tudo. Resmas de páginas foram escritas sobre os trabalhadores, a sua conduta e sua postura.  A Administração utilizou os métodos mais requintados de chantagem perante os trabalhadores e seus familiares.

Firmeza nas negociações

Os trabalhadores deixaram bem claro que pretendem melhorar os resultados alcançados. O prosseguimento das negociações, com firmeza e celeridade, é para já o caminho a seguir. No entanto, para nós, comunistas, há preocupações que se levantam.  O último Comunicado da CT, no seu último parágrafo, refere: «Esperamos que este esforço adicional seja acompanhado pela unidade e sentido de responsabilidade dos trabalhadores da Autoeuropa».